segunda-feira, 26 de maio de 2014

As Eleições

Não, não venho aqui fazer nenhuma análise dos resultados eleitorais.... não tenho pachorra para dissertar acerca de um assunto que está à vista desarmada de toda a gente que tem dois dedinhos de testa.... e como tão pouca gente aqui vem, que os que vierem devem ter concerteza essa perspicácia!!!

Do que venho aqui falar é mesmo da minha dor.... a minha primeira abstenção! Forçada, claro!

Tenho capacidade eleitoral há mais ou menos 20 anos! Lembro-me perfeitamente da primeira vez que votei: Autárquicas 1993!

Por causa da minha actividade política da altura (actividade essa que muito me ensinou e da qual mantenho um certo orgulho!), nessas mesmas eleições, estive pela primeira vez numa Mesa de Voto, fui pela primeira vez candidata e pela primeira vez fui eleita!!!!

Durante estes 20 anos, a muito custo por vezes, sempre exerci o meu direito de voto! Direito e dever! Também sou daquelas que acha que se não vão votar não devem reclamar do que os outros escolheram por eles!!!!

Só que desta vez não votei porque não pude!! Ainda que estas eleições estivessem ao alcance dos Emigrantes, ainda não estou com o meu processo concluído, pelo que ainda não me foi possível inscrever-me no Consulado! Para além do difícil que tudo isso é.... a falta de informação para os Emigrantes é uma aberração!!! Na era das Tecnologias de Informação é a própria da informação que é inexistente!!!

Ridículo! No mínimo!!!

Mas, o que quero aqui registar, para não me esquecer... é que ontem foi a primeira vez que o caderno eleitoral, na linha onde consta o meu nome.... não foi descarregado!

E o que isso me custa....


Sem comentários:

Enviar um comentário