segunda-feira, 7 de setembro de 2015

O Princípio do Fim...

.... Foram meses em que a ideia navegou na minha mente.... nunca falada, nunca partilhada, nunca admitida...

Sou daquelas que acha que um casamento não pode ser um contrato que facilmente de rescinde! Um casamento é uma partilha de vida, e como tal, é difícil, tem obstáculos, tem acidentes, tem muito, muito esforço!

E tem que ter!!! E é disso que se constroem os alicerces de uma vida em comum e que passamos aos nossos filhos, explicando-lhes que as coisas não são fáceis e que é necessário muita perseverança para  andarmos em frente!

Mas nos últimos tempos, as minhas convicções têm sido bastante abaladas pelos desmoronamentos à minha volta. E quando me explicam que por muito esforço e dedicação que entreguemos à nossa família.... existe sempre, mas sempre o direito de sermos felizes! E que a vida não pode ser tão castradora de felicidade como por vezes se apresenta.

É verdade, eu sei.... mas sempre achei que depois da tempestade vem a bonança! E que ultrapassadas as crises, o amor sai reforçado! Bem como a nossa consciência e por conseguinte o nosso bem-estar...

Mas se calhar, quando nos esforçamos demais, perdemos a noção de que estamos a ultrapassar os nossos limites.... e às vezes as coisas não têm volta... a corda de tanto ser esticada, perde a elasticidade!

Há 13 anos atrás.... decidi correr o risco de terminar tudo e saí de casa! Estávamos no meio de uma crise complicada e da qual não estávamos a saber sair... nem pouco mais ou menos! Posições completamente extremadas, com discussões consecutivas que acabavam invariavelmente por nos magoarmos intencionalmente um ao outro. Precisávamos de uma paragem forçada, que nos fizesse reflectir de outra forma que não aquela, para conseguirmos discernir os nossos sentimentos.

Mas ... corri um risco, uma vez que ele é daquelas pessoas que pensa que essa coisa de "dar um tempo" não existe! Também sou assim, os problemas são para ser resolvidos a dois, mas naquela vez, simplesmente não era possível!!

Voltámos! Ao fim de poucos dias! Bastou aquele "statement" para que ele (e eu) acordássemos!!

Mas tudo era mais simples.... não éramos casados, não tínhamos filhos....

Agora, é muito mais difícil.... para além do que as receitas não são sempre iguais!!!

Regressamos às posições extremadas, agravadas com atitudes que podem magoar (e não só palavras...) e não vislumbro capacidade dele e minha de as conseguir ultrapassar.... as discussões são muito menos, é verdade, mas para preservar o ambiente familiar.... A piquena não tem culpa!!!

Valerá a pena voltar a sair? Desta vez será para sempre?

Ontem, foi dado um ultimato....veremos o que acontece.... seremos mais adultos, não só na idade?

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Keep Calm.... que eu hoje vou ser Tia!!!!!

Mãe,

Hoje voltas a ser Avó!!!! A tua segunda Neta vai nascer! Mas quis a vida que nem os teus braços, nem os meus lá estarão para a acolher.....

Duas meninas!!!! Como irias ser feliz se as pudesses pegar ao colo....... Se lhes pudesses fazer todos os vestidinhos com todos os lacinhos que se pudesse imaginar!!!!!!!!!!!!

Os quartos com todo o cor-de-rosa possível..... todo um enxoval a combinar!!!!!

Mas não é.......

E eu... aqui longe, com o coração apertado porque  não consigo lá estar também... para lhe dizer: Bem Vinda Inês, sou a tua Tia e estarei sempre aqui para ti!

Como é difícil estar tão longe com esta sensação no coração, prestes a explodir, e não poder fazer nada..... ainda por cima, com um Irmão tão sensível... que em vez de ir mandando notícias, acha que tudo nos pode passar ao lado, sem que as nossas emoções se sobreponham......

Rais'partam!!!!!


Esperar 3 meses para ver a minha Sobrinha...... vai doer, vai doer!!!!

Mas agora...... todos os nossos pensamentos (teu e meu, Mãe), vão para aquela Família em crescimento!!!!!

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Eis 2015

E eis que o novo ano começou....

Este é o ano em que não tenho nenhuma expectativa.... este é o ano em que se nada mudar, eu mudarei concerteza.... mas não irei mudar para melhor.... Será o ano em que se tudo se mantiver igual, cortarei amarras com todos, mas absolutamente todos aqueles que amo e que me amam....

Não consigo suportar mais esperanças de que as coisas melhorem.... fiz tudo o que estava ao meu alcance (e o que não estava também...), para que as coisas melhorassem, com ele, com a filha, com o pai, com o irmão.... e sinceramente não vejo melhoras, só pioras.... agora só o afastamento total.....

Não posso dizer que tenha sido o pior ano da minha vida, de forma alguma, pois foram dados passos muito importantes para alcançar a famigerada estabilidade.

Mas parece que quanto mais a procuramos e lutamos por ela, mais dificil se torna essa tarefa. E a conclusão é a já famosa frase: não és tu, sou eu.... só pode!!

Cheguei à recta da meta.... quando chegar ao fim, ou corro ou caio.... veremos...

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

All I want for Christmas is you....

Este título expressa sem dúvida nenhuma o meu espírito de Natal!

Quem já passou um Natal sem aqueles que mais queria, sabe perfeitamente que a melhor prenda de Natal que se pode ter é mesmo a presença dos que mais amamos!

Mas mesmo assim, as coisas podem não correr bem...

Este ano, pensei que realmente poderia ser um dos melhores Natais de sempre! Estamos juntos! Viemos os 3 ter com o resto da família a Portugal! Tínhamos as nossas mentes impregnadas da vontade do Natal pela espera de dias e dias a sonhar com a chegada a Portugal, aos nossos....

Viagem a correr bem, sem contratempos de maior, chegada ao aeroporto em grande, com direito a entrevista e tudo!!!!

E depois..... tudo a descambar.....

Sem tempo para nada, uma correria nas compras! E não me venham com o chavão que o Natal não implica presentes e que o mais importante é estarmos juntos! Uma treta, para mim implica obviamente uma lembrança (não interessa o valor!) que represente que nesta época se quer agradecer a essas pessoas que presenteamos, o quão importantes são para nós....

Ou seja, um único dia para comprar lembranças e víveres para o Almoço de Natal, significa.... marido amuado! Significa filha de birra!!!

Começou mal!

Para culminar..... perdemos o tio mais novo.... na véspera de Natal e na véspera do aniversário do filho dele!!!

Estamos de rastos.... uma sensação de que a vida assim..... não merece.....

E eu, no meio disto tudo, a sentir-me profundamente egoísta, só a pensar no triste que me sinto, por não conseguir dar o melhor Natal de sempre à minha filha, a falhar em todas as frentes, a não conseguir dar o apoio que o marido precisa, mas a achar que é ele que também está aqui a falhar....

Difícil de descrever isto que sinto...

De qualquer das formas...

Feliz Natal para todos!

Muitos beijinhos a quem mais amam!!!

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Férias!!!

A miúda tá de férias!!!!

Ai, uma semana e meia de férias do Colégio!!! O que é que eu faço com ela????????

Ainda desafiei o meu Pai para cá estar nesta altura... mas por alguma razão que eu ainda não percebi, ele não quer cá vir..... (ainda vou abordar este assunto por aqui...)

Tirarmos dias de férias para ficar com ela aqui, estava fora de hipótese.... os dias já são poucos para ir a Portugal e nesta altura as viagens são caríssimas, por isso.... esquece!!!

A única solução era ela ficar com a emprega (a minha Maurícia é um amor!!!), e assim, lá tínhamos nós que fazer uma ginástica tremenda para sair mais tarde de casa, almoçar em casa e chegar mais cedo!!!

Ok, faz-se!!! É só uma semana e meia!!!

Mas do que não estávamos à espera, era que a miúda se portasse tãaaaaaaaaaaaooooooooo bem!!!! Inacreditável!!!

Depois de penarmos com birras inacreditáveis dela, acho eu por estar com saudades de Portugal, achávamos que ficar um dia inteiro em casa ia ser de loucos, mas não....

Acho que está a adorar o tempo que passa connosco e tem sido um anjinho com a Maurícia e connosco!!!

Pode ser que assim as coisas melhorem!

Para o que eu estava guardada....

Depois do jantar, venho a descer as escadas e oiço o Pai a dizer-lhe.....
- Resolve isso com a tua Mãe, eu não tenho nada a ver com esse assunto!!!! (risos)
Então  piquena olha muito séria para mim e pergunta:
-Oh Mãe deixas eu casa com o Pai?
...
...
(hã???)
...
- Mas filha, o Pa já é casado com a Mãe, por isso não dá!!!
- Oh Mãe (ar reprovador...), mas tu tens de partilhar!!! Não pode ser tudo pra ti!!!!

terça-feira, 22 de julho de 2014

Das dúvidas....

A vidinha por cá corre.... como se espera!!! Trabalho, trânsito, supermercado!!! São estes os ingredientes habituais! E depois ao fim de semana, lá se vai dar uma voltita a um qualquer restaurante para distrair... não jardins ou parques para passear, museus para visitar só durante a semana e em horário laboral, pelo menos que eu já tenha ouvido falar....Praia, meus senhores, inclui horas de carro e com o tempo que tem estado..... não vale a pena, até porque por cá anoitece por volta das 17.30h!!!

Assim, percebo que a miúda esteja a ficar saturada... de nós (tb!!), da casa, deste rame-rame, que a nós até nos sabe bem.... descanso absoluto (lembrar que continuo sem ter de tratar da lida da casa, da roupa....)! Até porque nós desanuviamos com os amigos! Patuscadas até altas horas valem milhões!!!

É por isso que a percebo quando irritada ao fim do dia no colégio me diz que quer voltar para Portugal já!!! Que não gosta desta cidade!!! Que quer muito ser Mana....

Oh céus! Please não me faças isto!!!! Duas das coisas que me fazem doer o coração e é exactamente isso que tu me pedes!!!!

Tenho que rapidamente encontrar algo para encantar a miúda por cá, para ver se ela me dá uma folga destes sentimentos!!!