quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Mais um dia de neura

Peço desculpa de nos últimos tempos todos os meus posts serem de desabafos... mas afinal de contas é por isso mesmo que criei este blog... para poder "despejar" os meus lamentos, aqueles que eu não posso deitar para cima de mais ninguém...

Hoje de manhã quando me levantei, estava simplesmente de rastos... o que durno notoriamente não chega para descansar... É raro conseguir dormir mais de 6 ou 7 horas, quando deveria dormir pelo menos 8h seguidas. Acrescentando o facto de que tenho sempre 1h de deslocação entre a minha casa e o trabalho e que neste momento conduzir leva-me à exaustão, que para além disso quando chego a casa (que na melhor das hipóteses é às 19h) ainda tenho que descogelar alguma coisa e fazer o jantar, e que depois do jantar ainda há a cozinha para arrumar e o cão para tratar e muitas vezes ainda há o monte de roupa para passar... e que quando chega o fim de semana há a casa inteira para arrumar e as compras para fazer.....

Porra eu assim não vou aguentar...

Afinal de contas os sacrifícios estão todos do meu lado... o que é que mudou na vida dele? Apenas a expectativa!

No meio disto tudo, pelo facto do meu marido continuar em casa, e continuar a ter a mesma atitude e no final de contas não fazer nada daquilo que é preciso fazer, pois só se dedica ao jardim e neste momento pouco mais, sou eu que estando profundamente mais cansada do que o habitual, tive que deixar de fumar, deixar de beber, passar a vida a comer de 2 em 2h (já estou farta de comer), que tenho de ter cuidado com o que como porque estou a engordar exponencialmente (e ele sempre a apontar isso!), que tenho de continuar a fazer tudo aquilo que já fazia, e como tal, a ficar cada vez mais de rastos...

Sim, quero ser mesquinha e que ele também faça sacrifícios só porque sim! Porque não posso ser só eu a sacrificar-me...

3 comentários:

  1. Eu nao tenho esse problema com o meu namorado..Ele ajuda-me em tudo que preciso..Melhor fazemos tudo a meias...Eu cozinho, ele lava a loiça, um exemplo...
    Não sei que tipo de relação tens com o teu marido, mas se falares com ele, talvez ele seja mais compreensivo e te ajude nas tarefas mais simples...

    ResponderEliminar
  2. Olá Pedacinho!

    Obrigada pelo comentário...

    Volta não volta, eu e o meu marido costumamos ter esta conversa... ele concorda sempre comigo... mas a verdade é que só muda durante uns dias... mais tarde ou mais cedo volta tudo à mesma!!!

    ResponderEliminar
  3. Oh querida, fiquei tão feliz!!!! E não te esqueças que as hormonas aumentam tudo... no entanto, já vai sendo altura de pores o homem "na linha"... faz greve! Concerteza que o teu mais-que-tudo não quer viver numa pocilga (salvo seja!)... e se a loiça da véspera não estiver lavada, não fazes jantar... ok, eu sou má, mas estás grávida, canudo!

    Olha, estou a combinar um jantar de bloggers e comentadores para 3 de Outubro - eu faço anos a dois, por isso achei que podia ouvir o parabéns a você outra vez, :o)...

    Achas que podes vir? Siiiiiim????

    Depois diz qualquer coisa, ok?

    B'jinhos grandes,

    Fátima

    ResponderEliminar