segunda-feira, 13 de julho de 2009

Pecados Mortais...

Não me considero católica mas não deixo de dar alguma importância ao que todos nós consideramos pecados... principalmente os chamados "mortais"...

Nos pecados mortais há um que tento especialmente combater... a Inveja!

Acho muito feio sentir inveja, no mau sentido, mas a verdade é que a sinto vezes demais do que eu queria!

E é exactamente isso que estou a sentir neste momento, inveja da pior espécie!!!

Compreendo agora como podem haver mulheres que raptam crianças recém-nascidas com o intuito de as criarem como sendo suas! Claro que condeno essa atitude, mas a verdade é que sinto inveja a esse ponto!

Tenho uma colega de trabalho que nos anunciou hoje que está grávida! Uma miúda de 27 anos, casada há pouco mais de 1 ano, ainda no seu primeiro emprego...

Não é justo...

Eu que quis fazer tudo como deve de ser, ter maturidade e estabilidade emocional suficiente para dar esse passo, situação económica e financeira que me permitisse não depender de pais e sogros, um casamento estável que não fosse abalado pela chegada de mais um elemento...

E que recompensa tive? Nenhuma, antes pelo contrário, tudo correu mal... quando comecei a tentar levei séculos até o conseguir pela primeira vez, para depois ter tido aborto espontâneo, para depois ter tido um quisto que tive de o remover cirurgicamente, para depois ter tido uma ausência enorme de mestruação, para depois finalmente ter tudo em condições e continuar a não conseguir engravidar....

Porra, depois de 10 anos de vida de "casada", atingir os 35 anos e ainda andar às voltas com isto... é demais!

Depois tentei utilizar a minha estratégia habitual de quando as coisas me correm mal: cortar o mal pela raiz, ou seja, desejar nunca ser mãe...

Obviamente que este sentimento originou uma enorme discussão com o meu marido... e ele tem razão, eu não tenho direito de decidir isto sozinha, mas.... confesso que não tenho qualquer vontade, nem sequer paciência ou coragem para iniciar o longo caminho de tratamentos que eventualmente possa aceder....

Estou exactamente no ponto em que deveria ir ter com a minha médica para lhe dizer que tudo o que fizemos até agora não deu resultado

Mas não tenho coragem! Tenho adiado consecutivamente o telefonema que tenho de fazer e.... nada, não consigo!

É nestas alturas que gostava de ter a minha Mãe comigo... mas também era preciso que ela mudasse um bocadinho o feitio que tinha... senão nem sequer conseguia falar com ela...

Precisava sinceramente de alguém que me compreendesse para falar comigo...

9 comentários:

  1. Já que ninguém me comenta, comento eu...!!!

    Então as colegas continuam com a mesma conversa de bebés???


    Sim, até irritam!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Existem sempre várias opções, sei que um filho nosso é do melhor que pode acontecer...Mas se realmente queres ser mesmo mãe há que tentar de tudo até não haver mais opções...Não se pode desistir de um desejo nosso que sabemos que se pode concretizar...Força, luta:)
    Virei aqui para saber o que decidiste fazer...

    ResponderEliminar
  3. se kiseres carla_sofia5@hotmail.com
    é dificil comentar este blog.

    ResponderEliminar
  4. Os comentários ao meu blog estão sujeitos a aprovação para simplesmente eu dar por eles, senão podiam passar sem que eu os visse!!!

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que devias ir falar com a médica e tentar a insiminação. Há muita gente a fazê-lo hoje em dia, ainda por cima agora o governo vai começar a dar apoios nesse sentido. O importante é continuares a ter vontade de ser mãe, mas com sinceridade sem fazer disso um cavalo de batalha pois assim só sofrerás mais caso as coisas não corram como tu desajas.

    bjkas

    se precisares falar

    ritmargaride@gmail.com

    ResponderEliminar
  6. Olha querida, eu lamento tanto que esta última vez também tenha corrido mal!

    Já sabes que estou aqui para ti - e sim, eu já sei que estás aí para mim :o)- não sei se já te dei o meu nº telm, se não, envia-me um mail que eu dou.

    B'jinhos grandes, e uma excelente viagem,

    Fátima

    ResponderEliminar
  7. Um conselho.... procura um psiquiatra, nunca invejes a alegria dos outros, preocupa te em procurar a tua..

    ResponderEliminar
  8. Ao Anónimo que me escreveu...

    Não preciso de um psiquiatra... foi por isso que criei este blog que, obviamente, você não tem capacidade para o ler...

    e sim eu procuro unica e exclusivamente a minha felicidade... mas como qualquer ser humano preciso de deitar fora os meus maus sentimentos.. que todos têm, quer o admitam ou não...

    E ao contratário do que muita gente faz, que acaba por reflectir nos outros o seu mau espírito, eu despejo tudo isso aqui para poder ficar melhor com os outros...

    ResponderEliminar