quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Voltar à minha "antiga" casa...

Hoje entrei sozinha na casa dos meus pais... é estranho como classificamos a casa onde moram os nossos pais... Afinal esta também foi a minha casa, embora eu agora tenha outra... E agora é suporto eu chamar aquela casa, casa do meu Pai (sem a Mãe)? Não me consigo decidir...

Mas o que me leva a escrever é a angústia que senti ao lá voltar... não porque a minha Mãe não estava lá... mas por me lembrar dos momentos difíceis que lá vivi, quando ela estava doente... quando soubemos do diagnóstico, quando a ajudavamos a recuperar da quimio, quando inventávamos comidas para ver se ela conseguia comer...

Aquela casa ainda está impregnada do cheiro desses dias...

Para além disso, a maneira (que eu acho excelente) de o meu pai conseguir sobreviver ao que sente, foi espalhar fotos da minha mãe por toda a casa... Acho normal e também gosto de a ver naquelas fotos que ela tanto gostava...

Mas mais ainda, a propósito da homenagem que lhe fizeram na sua colectividade, onde ela representava teatro amador, o meu Pai andou a reunir um conjunto enorme de fotos de toda a vida dela, e foi esta reunião que eu encontrei hoje...

E foi isto que mais me custou... é que o meu Pai deu nome às fotos e a última (tirada no meu casamento), chama-se: A família mais completa - porque não lhe deram tempo para mais.

Sim, aquilo que neste momento mais me custa é que a minha Mãe não conseguiu ser avó....

Sem comentários:

Enviar um comentário