segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Que porra! O Sporting ganhou!!!!

Olá Mãe,

Então, 'tás feliz? O teu Sporting ganhou! Havias de estar lá, eu, o meu marido e o Pai fomos novamente aos "petiscos" para ver o jogo e a coisa até começou bem, apesar do golo do Sporting, mas o ambiente 'tava animado.... O pior foi na 2ª parte que o Benfica começou a descambar e eu e o Pai começámos a ficar calados... E foi um horror no final, com o Sportinguistas todos eufóricos.... ele não disse, mas tenho a certeza que o Pai estava fulo da vida!!!

Tem sido muito interessante este relacionamento do Pai com o meu marido! Sabes perfeitamente que tanto tu como o Pai nunca foram muito com o feitio do meu marido. Pegaram-se várias vezes, nomeadamente nas vésperas do meu casamento, lembras-te?

Foi difícil aquele momento, mas ... não quero falar nisso. O que queria dizer é que para quem, como eles 2, estavam sempre às turras por causa da Bola, hoje em dia entendem-se lindamente... Não tenho dúvidas que existe um esforço de ambas as partes para um saudável convívio! E se calhar é mais do que isso, porque sinto (e o meu marido tb) que desde que adoeceste que o Pai o trata como seu filho também... com a mesma consideração e preocupação....!

E por falar em preocupação.... Depois de um sábado mais animado, veio um Domingo muito difícil para o Pai! Ele só foi pestiscar lá a casa à noite. Disse-me depois que tinha estado todo o dia na tua terra.... Foi novamente ao cemitério... e depois esteve toda tarde com o pessoal do costume no café... e depois foi ver mais umas pessoas vossas conhecidas por lá e que o têm apoiado muito: aquela miúda que te queria levar a Fátima, lembras-te....

O problema é que quando ele me apareceu lá em casa, vinha com os olhos inchados.... Corta-me o coração vê-lo assim! Não sei o que fazer mais... Por muito bem que ele se esteja a aguentar, a verdade é que ele passa o tempo todo a reviver as tuas memórias...

Eu sei que o luto é assim mesmo, e que cada um o vive da sua maneira, mas queria tanto poder confortá-lo nem que seja só um bocadinho....

Até logo!

Sem comentários:

Enviar um comentário